666, esse número nada tem haver com o número da besta! Entendam o porquê.

A resposta da Bíblia

De acordo com o último livro da Bíblia, o número 666 é o nome da fera, ou besta, de sete cabeças e dez chifres que sai do mar. (Apocalipse 13:1, 17, 18) Essa fera é um símbolo do sistema político mundial que governa sobre “toda tribo, e povo, e língua, e nação”. (Apocalipse 13:7) O nome 666 indica que, do ponto de vista de Deus, esse sistema político é um grande fracasso. Como assim?

Não é um simples número. Os nomes que Deus dá sempre têm um significado. Por exemplo, quando prometeu que faria de Abrão pai de uma multidão de nações, Deus mudou o nome desse servo, que significa “Pai É Enaltecido (Exaltado)”, para Abraão, que quer dizer “Pai de uma Multidão”. (Gênesis 17:5, nota) Do mesmo modo, Deus deu à fera o nome de 666 para representar suas características predominantes.

O número seis significa imperfeição. A Bíblia muitas vezes usa números como símbolos. Sete quase sempre representa algo completo. Como o seis é um a menos que sete, pode ser usado para se referir a algo incompleto ou defeituoso, e às vezes pode estar relacionado aos inimigos de Deus. — 1 Crônicas 20:6; Daniel 3:1.

Três significa ênfase. Quando deseja enfatizar algum ponto, a Bíblia às vezes o repete três vezes. (Apocalipse 4:8; 8:13) Assim, o nome 666 não deixa dúvidas de como Deus encara os sistemas políticos humanos: grandes fracassos. Eles falharam em trazer aquilo que só o Reino de Deus conseguirá — paz e segurança eternas.

A marca da fera

A Bíblia diz que pessoas seguem a fera “com admiração”, chegando a ponto de adorá-la. Por isso, recebem “a marca da fera”. (Apocalipse 13:3, 4; 16:2) Elas fazem isso por prestarem adoração ao seu país, aos seus símbolos ou a sua força militar. Como a obra The Encyclopedia of Religion (Enciclopédia da Religião) declara: “O nacionalismo tem se tornado uma forma dominante de religião no mundo moderno.”*

Como a marca da fera é colocada na mão direita ou na testa de alguém? (Apocalipse 13:16) Ao dar seus mandamentos à nação de Israel, Deus disse: ‘Tendes de atá-los como sinal sobre a vossa mão, e eles têm de servir de frontal entre os vossos olhos.’ (Deuteronômio 11:18) Isso não queria dizer que os israelitas deveriam literalmente amarrar as leis nas mãos ou na cabeça. Na realidade, significava que as palavras de Deus deveriam guiar todas as ações e pensamentos deles. Do mesmo modo, a marca da fera não é uma tatuagem literal com o número 666, mas é apenas uma maneira de se referir àqueles que querem ser liderados pelo sistema político. Os que possuem a marca da fera se colocam como inimigos de Deus. — Apocalipse 14:9, 10; 19:19-21.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s