Podemos ser salvos através da caridade?

A cada um segundo as suas Obras”. Jesus morreu para nos mostrar o caminho da Salvação: Amor ao próximo – CARIDADE. Porque dizemos que ele nos salva, se ele mesmo é claro em dizer que são nossas ações que nos salvam? Não está na hora de rever isto, e deixar de passar a responsabilidade toda para ele? Não é melhor edificar nossas obras no bem, sabendo que é isto que Jesus nos disse?

Caro leitor, você está equivocado em suas colocações. Não sei qual foi a sua base para afirmar que Jesus afirmou que a salvação é pela caridade (boas obras). A Bíblia não diz isso. Abaixo vou expor alguns textos que mostram claramente que a salvação é pela graça de Deus mediante a fé. Ou seja, não depende de obra alguma do homem. É uma ação de Deus em nossa vida que é recebida pela fé.

“E disse-lhes [Jesus]: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado.” (Mc 16. 15-16). Como se vê claramente, Jesus afirma que o salvo será o que “crer”. Não temos a menção de que “fazer caridade” é o elemento que faz alguém ser salvo.

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito [Jesus], para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3. 16). Novamente vemos aqui que a salvação é recebida pela fé. Aquele que crê no Filho de Deus, Jesus Cristo, tem a vida eterna.

“Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.” (Ef 2:8-9). Esse texto é um dos mais claros e conclusivos. A salvação é pela graça, mediante a fé. Paulo acrescenta aqui claramente que as obras NÃO fazem parte do processo da salvação para que “ninguém se glorie”. Nos próximos versículos é esclarecido que as obras têm o seu papel, não de salvar, mas são decorrentes da fé (são frutos): “Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas.” (Ef 2. 10). As boas obras devem fazer parte da vida do salvo, mas não são o agente da salvação.

“visto que ninguém será justificado diante dele por obras da lei…” (Rm 3. 20). Nesse texto vemos esclarecido que nem a obediência à Lei de Deus pode nos salvar.

“sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, e sim mediante a fé em Cristo Jesus, também temos crido em Cristo Jesus, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo e não por obras da lei, pois, por obras da lei, ninguém será justificado.” (Gl 2. 16). Mais uma vez vemos que a obediência à Lei não salva; somos salvos mediante a fé em Jesus Cristo.

“que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos, e manifestada, agora, pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual não só destruiu a morte, como trouxe à luz a vida e a imortalidade, mediante o evangelho,” (2Tm 1. 9-10)

Creio que ficou claro que a Bíblia mostra que a salvação é uma graça de Deus que é recebida pela fé, gratuitamente. Essa salvação é recebida quando reconhecemos que somos pecadores e que Jesus Cristo, em nosso lugar, levou nossos pecados na cruz do Calvário e, pelo Seu sangue, derramado em nosso lugar, somos salvos. Reconhecendo isso entregamos toda a nossa vida ao senhorio de Cristo. É assim que somos salvos e não pela realização de caridades.

Presbítero Andre Sanches

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s